Se a prisão é aprisionante o dicionário é dicionarizante.

Meus anos de cadeia foram pesados e longos. Todos viemos de um lugar, de onde moramos portanto vivemos. As prisões nos tiram de lá, mas é por lá que nos amamos e queremos um dia e sempre voltar. Nossos pares e sangues continuam naquelas vias, becos, barracos, casas aconchegantes e alturas. Por muitos se chamam de favelas. Este, nome que adquiriu jocosidades intensas de mal e gratuitas. Ser ou não ser nesse nome virou uma grande fronteira entre o Bem e o Mal. Mais, entre o Ruim e o Bom, o Bonito e o Feio. Isto, na ação maléfica do mais separar, pelo denegrir escandaloso. Tão de tão, que por vales e sombras, ao nível ou mais da condenação medieval cristã. O poder central de gerenciamentos de mundos possui seus esquemas de distribuição. Vamos aos males práticos então.

Os interstícios das verdades estão cheios de fingimentos; ou seja, de verdades mais verdades plenamente. Os meios de poder e de olhar deixando e fazendo o fluir. Então digo aonde moro usando todos os outros nomes como subterfúgios possíveis. Não posso ser o que pensam: um favelado. E ao tentar negar-me, o que assim nunca consigo, na ótica de que só se nega o que existe, realizo em mim, vítima e algoz, a ação plena da tirania. As artimanhas do domínio.

Por assim tanto dizê-lo, carrega-se no discurso popular todo o Mal imposto pelos senhores e mãos do “Bem”. Se não houvera favela ou favelado lhe executariam por outra palavra a escolher, a inventar. Um signo como palavra pode e transporta o que se quer na função da linguagem. Se sou da favela ou não, eu pessoa carrego todos os meus sentidos. Ao carregar favela e favelado, palavras da língua, com tudo de Mal que possa existir, faço da minha própria boca meu poço de morte; que o poder maldoso dos operantes incita e deixa sempre proliferar, fingindo-se perverso de surdo. No cuidar que está sempre posto.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *